Tchau, 4Minute

tumblr_mn97thJnPq1rkyqeio1_500

Em 2009, tivemos debuts femininos incríveis pro K-Pop: After School, f(x), T-ara, 2NE1, Secret, Rainbow… alguns desses grupos já perderam membros e estão sem dar as caras faz um tempo mas o primeiro fim oficial veio na forma das 4Minute.

tumblr_lkdeefgbrE1qafvqt

No último dia 15, elas completariam exatos 7 anos de debut e é bem triste ver um grupo tão único e com uma forte imagem de girl power acabar. Gayoon, HyunA, Jiyoon, Jihyun e Sohyun com certeza vão ficar para sempre na memória dos fãs.

original

Já era de conhecimento geral que o contrato das 4Minute com a Cube Entertainment expiraria este ano. No começo da semana, veio a notícia de que as meninas provavelmente não renovariam – apenas HyunA permanece na Cube. A confirmação de que o grupo não existiria mais veio horas depois. Elas provavelmente seguirão outras carreiras em outras agências e nós desejamos toda a sorte e sucesso pra elas né? (E sempre aguardando o comeback solo da HyunA.)

tumblr_o010nuzOwM1r5j4buo1_500


Então vamos enxugar as lágrimas e apenas relembrar momentos marcantes da carreira das Quatro Minutas!

A primeira vitória

4Minute ganhou o primeiro lugar no Inkigayo em 2009 com Muzik, pouco tempo após o debut!


Wonder Minute? 

Como muitos sabem, HyunA era originalmente membro das Wonder Girls.  Nesse especial do M!Countdown, ela relembrou seus dias de “maravilha” para cantar Tell Me com suas novas colegas.


Primeiro single original japonês

Elas estrearam no mercado japonês em 2010, com versões de Muzik e I My Me Mine e logo depois veio First, a primeira (sem trocadilhos hihi) música original em japonês. Why, Ready Go e Love Tension foram outros três singles originais para o Japão que também são muito bons.


United Cube no Brasil

O show conjunto de 4Minute, BEAST e G.NA passou por São Paulo em 2011, no Espaço das Américas. As meninas falaram um pouquinho em português e ficaram muito felizes com o carinho dos fãs. Elas foram o único girl group de K-pop a se apresentar no Brasil.


Carreira solo da HyunA

 HyunA estrou sua carreira solo em 2010, com Change, mas foi em 2011, com Bubble Pop!, que ela estourou. O sucesso lhe rendeu contratos comerciais com marcas grandes, como a Toyota, e também uma participação no Gangnam Style de PSY. A HyunA continua na Cube e podemos esperar mais hits no futuro 🙂


2YOON

 A primeira e única sub-unit das 4Minute foi composta por Gayoon e Jiyoon. Elas vieram com um visual country e animado em contraste com o jeito fierce do grupo todo. Uma pena que lançaram apenas um EP.


Prêmio Style Icon

Em 2014, as minutas ganharam o prêmio Style Icon, por sua influência na moda.


Colaboração com Parris Goebel e Skrillex

Para a coreografia de Crazy, 4Minute contou com Parris Goebel, que já trabalhou com Rihanna, Justin Bieber, Jennifer Lopez, Jolin Tsai e BIGBANG. Hate é uma composição de HyunA, Jiyoon e Skrillex e também foi coreografada por Parris.


Despedida em 360º

O último vídeo das meninas foi Canvas, filmado em 360º. Quando lançado, ainda não sabíamos que o grupo não seguiria e acaba sendo um pouco triste que a música não tenha sido promovida como merece.


tumblr_mlvs08Bo4w1rvt599o1_500

A trajetória das meninas foi muito bonita e elas tiveram uma carreira que pode não ter sido a maior, mas com certeza causou um impacto em muitas pessoas pelo mundo. Sempre se demonstraram companheiras umas das outras e com pé no chão a respeito da vida de idol, o que nos leva a crer que elas não terminaram brigadas. Vamos aguardar para que elas nos surpreendam em seus novos projetos no futuro, por muito mais que quatro minutos 🙂


Você era fã de 4Minute?
Qual sua memória favorita?
Conte pra gente! 

Metade italiano, metade japonês mas inteiro peculiar. Ator desde 2009, já trabalhei como editor de vídeo e professor de inglês. Sou viciado em cultura pop; música, games, filmes, séries… e claro, as bizarrices que só encontramos nos dias de hoje graças às maravilhas da internet.

Metade italiano, metade japonês mas inteiro peculiar. Ator desde 2009, já trabalhei como editor de vídeo e professor de inglês. Sou viciado em cultura pop; música, games, filmes, séries... e claro, as bizarrices que só encontramos nos dias de hoje graças às maravilhas da internet.